AGENDA
Lista de títulos 08-02-2008
SPC SEGUE FIRME E COERENTE NA MODERNIZAÇÃO DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FECHADA

O processo de transição em curso na Secretaria de Previdência Complementar (SPC) – com o pedido de afastamento apresentado pelo Dr. Leonardo André Paixão e a indicação do secretário-adjunto do órgão, Dr. Ricardo Pena, para sucedê-lo – demonstra, uma vez mais, o elevado grau de maturidade alcançado pela sociedade e as instituições brasileiras ao longo das duas últimas décadas.

Desde que assumiu o comando da SPC, em junho de 2006, o Dr. Paixão deu continuidade e aprofundou o importante trabalho realizado por seu antecessor, o Dr. Adacir Reis. Sua gestão foi marcada pelo esforço em racionalizar a burocracia imposta às entidades fechadas de previdência complementar e, sobretudo, pela permanente abertura ao diálogo com os agentes do setor, da qual a Associação dos Fundos de Pensão de Empresas Privadas (APEP) é testemunha.

Tais diretrizes, temos certeza, serão mantidas na gestão do próximo titular da SPC, que já demonstrou ter vontade e capacidade técnica para viabilizar novas conquistas. Como secretário-adjunto, o Dr. Ricardo Pena participou ativamente do processo de diagnóstico dos entraves e de implementação de melhorias no sistema – inclusive em contato direto com a diretoria e as Associadas da APEP –, dando mostras inequívocas de seu compromisso com o crescimento da previdência complementar fechada. A nossa Associação deseja-lhe boa sorte e coloca-se, como sempre, à disposição para debater temas de interesse do setor.