AGENDA
Lista de títulos 21-12-2015
INFORMATIVO número 53 – ano V
MUDANÇAS NOS COMANDOS DA SPPC E PREVIC

Carlos Alberto de Paula e José Roberto Ferreira assumem as titularidades dos órgãos do Ministério da Previdência Social voltados à previdência complementar fechada

A Secretaria de Políticas de Previdência Complementar (SPPC) e a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) têm novos titulares. Na manhã desta segunda-feira (21/12), o ministro da Previdência Social, Miguel Rossetto, deu posse a Carlos Alberto de Paula e a José Roberto Ferreira nos comandos da SPPC e da Previc, em substituição, respectivamente, a Jaime Mariz de Faria Júnior e ao próprio de Paula, que chefiou a Superintendência por 18 meses. Em seu discurso de posse, o novo responsável pela Secretaria afirmou que dará especial atenção à capitalização dos recursos dos fundos e à educação financeira, para fortalecer o sistema de previdência complementar. Já Ferreira, que até a última semana ocupava a Diretoria de Análise Técnica (Ditec) da Superintendência, assinalou que a Previc seguirá dirigida aos objetivos estabelecidos de forma colegiada em seu planejamento, voltados, principalmente, à sustentabilidade do regime de previdência complementar. "É isso que afasta a Previc de ‘casuísmos’, tornando a autarquia um verdadeiro órgão de Estado", declarou.

Ambos os dirigentes acumulam grande experiência no métier. Com passagem pela diretoria da BB Previdência, Ferreira, que cedeu seu posto na Ditec a Carlos Marne Dias, também respondeu, no âmbito da Previc, pela Coordenação-Geral de Patrimônio e Logística e a Chefia de Gabinete. Carlos Alberto de Paula, que contabiliza 23 anos de atuação nas áreas de seguros e previdência complementar, foi diretor de análise técnica e secretário-adjunto na antiga Secretaria de Previdência Complementar (SPC), na qual exerceu ainda o cargo de coordenador-geral de Projetos Especiais e Fomento, executando um trabalho que resultou na implantação da previdência associativa no País.

A diretoria e as entidades fechadas de previdência complementar (EFPCs) ligadas à Associação dos Fundos de Pensão de Empresas Pivadas (APEP) conhecem bem as ideias do novo titular da SPPC. Em outubro de 2014, por solicitação do então chefe da Previc, a APEP organizou em São Paulo um concorrido debate com gestores de EFPCs. No mês seguinte, Carlos Alberto de Paula redigiu um texto para o livro sobre os 25 anos da Associação e marcou presença no almoço em comemoração a data. "Confiamos que a SPPC e a Previc, agora sob novo comando, darão sequência ao bom trabalho realizado nos últimos anos", afirma Herbert de Souza Andrade, 2º vice-presidente da APEP.

Com informações da Assessoria de Imprensa do Ministério da Previdência Social (MPS)